Esta é uma interessante questão levantada por dezenas de programadores e web designers ao redor do mundo. Porque a gigante de buscas é aparentemente tão negligente com algo que soa vital em seu meio de negócios? Expandir as linguagens de programação e codificação, aprimorar seu algoritmo de pesquisa (o PageRank), soa óbvio para uma empresa que busca lucros cada vez maiores. Até mesmo investimentos filantrópicos ou parcerias com empresas ou programadores independentes parece ser pouco colocado em prática, como se ignorado pelo Google. Seria isso verdade ou só estamos mal informados?

Para Simon Willison, programador de longa data e ex-funcionário da própria Google, sim, estamos mal informados. De acordo com suas afirmações, a empresa investe pesado em equipes especializadas em linguagens de programação e análise de dados, tendo em vista a melhor qualificação de seus serviços, a indexação e classificação de páginas e portais, o aumento do lucro com o AdWords, entre outros, além da própria jogada do “tornar a internet melhor”.

Segue seu depoimento:

“O Google investe vastos recursos para melhorias de linguagem, e assim têm sido há mais de uma década. Eles empregaram vários programadores da equipe principal da linguagem Python (incluindo seu criador, Guido van Rossum), tendo apoiado seus trabalhos;

Sua seção de desenvolvimento do sistema Android escreveu e apoiou uma nova linguagem de código aberto (open source) baseado em JVM, chamada Dalvik;

Eles patrocinaram um dos criadores do C para criar um novo sistema de linguagem de programação, o “Go”, bem como financiaram grandes melhorias do HTML, incluindo a WHAT-WG, que foi crucial para a criação do HTML5;

Muito de seus funcionários trabalham em tempo integral contribuindo para grupos de padrões internacionais. Como parte integrada do Chrome, o Google colaborou com a criação do V8, uma surpreendente e poderosa aplicação JIT JavaScript que provocou enormes melhorias em seus sistemas de processamento, fornecendo a tecnologia necessária para aprimorar estes sistemas até em motores de rivais. V8 é também o núcleo de Node.js.

Através do Google Summer of Code eles financiam projetos que beneficiam dezenas de startups, pequenas empresas de gestão da informação e processamento de dados e ideias de linguagens de programação open sources, bibliotecas e frameworks.

Bom… E isso é só a ponta do iceberg. Isso é o Google.”

Este artigo faz parte de uma lista de traduções livres coletadas do [maravilhoso]portal de curiosidades Quora. Sinta-se livre em acessar o post original para saber mais.

Fonte: Quora.com

Sorteio #001

Gostou do Acervo? Ajude-nos a crescer! Curta a nossa página no Facebook. De quebra você concorrerá ao sorteio de uma linda camiseta com o igualmente lindo Albert Einstein estampado nela. Não satisfeito? Final do ano têm sorteio de um telescópio amador!

 

 

Só curtir!


COMPARTILHE O POST COM SEUS AMIGOS! 😉

Comentários

comentários

Sobre o Autor

Gabriel Pietro têm 18 anos, é Web Designer e Redator do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.