Não.

Einstein não foi um sábio não-educado que surgiu do nada para revolucionar a Física.

Ele tinha um diploma e um PhD em dois dos mais respeitados institutos da Suíça, e suas notas acadêmicas ao longo de sua vida sempre foram excelentes (às vezes cita-se que ele quase falhou na universidade – a única evidência que encontramos disso foi em um momento em que teve um desempenho ruim na classe de matemática, porque achava a matéria “maçante”.)

Ele foi aceito em um curso de graduação, e o fez excepcionalmente bem.

E francamente, ouso desafiar qualquer um que diz que Einstein era ruim em matemática a dar uma olhada na Relatividade Geral. Os cálculos envolvidos são pesados e complexos – e Albert integrou toda a maquinaria matemática na teoria – sem manobras ou esquivas.

Um pouquinho da Relatividade Geral.

Einstein era um gênio matemático (e um gênio academicamente formado).

Sem mais.

Resposta do professor Jack Fraser, mestre em Física da Universidade de Oxford à pergunta feita por um internauta. Leia aqui o texto na íntegra (e outros textos).

#rapidinhasAcervo

Conheça o Projeto Quero Bolsa!


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉

Comentários

comentários

Sobre o Autor

Gabriel Pietro têm 18 anos, é Web Designer e Redator do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.